Compre Agora

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Caminhão carregado com madeiras tomba e causa morte de um adolescente em Ibicutinga

Motorista fugiu sem prestar socorro a vitima


Por pouco não aconteceu uma tragédia maior na zona rural da cidade de Ibicutinga – Sertão Central do Ceará, por volta das 14h30min, precisamente na comunidade de Viçosa, cerca de 12 km da zona urbana, um adolescente de 14 anos de idade, morreu esmagado por pedaços de madeiras, após um caminhão se chocar com um poste de energia.
O caminhão de placas HUC – 8488 de Morada Nova, estava carregado com madeiras, oriundas da localidade de Boi Redondo, também na zona rural daquele município. Possivelmente o motorista do veículo perdeu o controle da direção e como a carga era muito pesada não conseguiu normalizar a situação, vindo a tombar após chocar-se com um poste, uma grade de proteção da carroceria não resistiu e rompeu-se, tendo metade da carga indo parar ao chão.
No caminhão estavam quatro pessoas, sendo que o estudante da 8ª série do ensino fundamental, Evileudo de Oliveira Pereira, 14 anos, era transportado irregularmente na carroceria do veiculo, ele estava em cima das madeiras e foi esmagado. Familiares da vítima ainda socorreram ao hospital, porém, o mesmo já havia falecido no local do acidente. O rabecão do Instituto Médico Legal de Quixeramobim conduziu o corpo para os devidos procedimentos necessários. O pai da vítima também estava no veículo, mas na parte boleia, amigos afirmam que ele encontra-se em estado de choque.
O condutor era um jovem de 20 anos de idade, conhecido apenas por Carlinhos, segundo informações de populares, ele não é habilitado para dirigir a categoria de caminhão. Carlinhos não prestou socorro ao menor, após populares chegar ao local, pegou uma motocicleta sem o consentimento do proprietário e fugiu, segundo a testemunha Raimundo Rodrigues Moreira, que é tio do vitima.
O irmão do adolescente estava bastante abalado, mas falou com a reportagem da Revista Central, Elieudo Sabino Pereira, disse que ao chegar no local do fato, teve que retirar pedaços de madeiras que estavam em cima do seu irmão, “ele ainda mexeu com a mãozinha, mas sabia que não tinha condições de sobreviver”, lamenta. Populares suspeita que a madeira é retirada de forma ilegal.
Jackson perigoso
Revista Central de Quixadá

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...