Compre Agora

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Câmara de Ibaretama envia Nota de Esclarecimento para nossa redação.

A Câmara Municipal de Ibaretama, através de seu presidente enviou para nossa redação Nota de Esclarecimento sobre a matéria vinculada no Ibaretamanet.com e Revista Central de Quixadá sobre a baixaria entre vereadores na sessão da Câmara Municipal no ultimo dia 10 de setembro.

Veja o que diz na integra a nota da Câmara Municipal de Ibaretama.

A Camara Municipal de Ibaretama, através de seu presidente, Francisco Oliveira Filho, vem, respeitosamente, a publico esclarecer a verdade acerca do lamentável incidente da Sessão Ordinária do dia 10 de setembro de 2010.

Inicialmente, faz-se necessário esclarecer que o tumulto acontecido na referida Sessão foi ocasionado tão somente pelo vereador João Vieira Picanço, que demonstrou um comportamento totalmente incompatível com a verdadeira conduta de um parlamentar comprometido com o povo.

Acredito que o vereador João Vieira Picanço está inconformado porque teve o seu cargo de presidente da Câmara de Ibaretama, cassado em junho do corrente ano, pelos seguintes motivos:

1) por  utilizar-se do mandato para prática de atos de corrupção e de improbidade;
2) por proceder de modo incompatível com a dignidade da Câmara e faltar com o decoro na sua conduta pública;
3) por fixar residência em Fortaleza, ou seja, fora do município de Ibaretama.

Seu inconformismo aumentou mais ainda quando ingressou com uma ação de mandato de segurança, tentando anular o processo de cassação feito pela Câmara, mas o Meretíssimo Juiz da Comarca de Ibaretama julgou improcedente o seu mandado de segurança.

Portanto, desde que foi cassado, o vereador João Vieira Picanço, tem demonstrado um comportamento de revolta, passando a acusar sem provas outros vereadores da Cãmara, que são inocentes.

Que fique bem claro: nessa atual gestão, nenhum vereador da Câmara Municipal de Ibaretama, A NÃO SER O SENHOR PICANÇO, sofreu processo, sendo julgado e cassado o mandato de presidente, por ter cometido várias irregularidades no exercício do mandato.

O Presidente também esclarece que não tem nenhuma parcela de culpa pelo lamentável ocorrido, tendo em vista que suspendeu a Sessão tão logo o vereador João Vieira Picanço começou a violar as normas do Regimento Interno, sendo tudo registrado em ata.

Ademais esta Casa Legislativa irá tomar todas as providências cabíveis com relação ao fato em questão, o que tudo será feito com as devidas cautelas e no sentido de punir com rigor quem tentou desrespeitar e, a todo custo, denegrir a imagem do Poder Legislativo de nosso município.

Outra coisa deve ficar bem clara como a luz do meio dia: a discussão levantada pelo vereador Picanço não pode ser atribuída como sendo da Câmara. Aquela discussão foi um fato isolado do vereador Picanço. A Câmara, não tem nada a ver com isso, a não ser tomar as providências cabíveis, o que já está sendo feito.

A Câmara, portanto, lamenta os fatos ocorridos, mas garante que fará de tudo para continuar cumprindo seu papel, já que a atual mesa diretora vem desenvolvendo uma gestão democrática, transparente e inovadora.

A Câmara continuará promovendo suas discussões, dando o bom exemplo e aprovando os projetos em benefício do povo como já vem acontecendo, sem permitir, entretanto, que a TURMA DO QUANTO PIOR MELHOR tumultue ou tente ameaçar o funcionamento normal dos trabalhos, como ocorreu.

É com esse intuito, de trabalhar pelos interesses do povo e de defender o Estado Democrático de Direito, que continuaremos trabalhando incansavelmente por uma Ibaretama cada vez melhor. Afinal, o sentimento de progresso, de idéias, de trabalho e de união devem se sobrepor ao sentimento de inconformismo e de revolta de casos isolados.

Francisco Oliveira Filho
Presidente

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...