Compre Agora

sábado, 2 de julho de 2011

Juíza determina que Cadeia Pública de Quixadá seja vistoriada semanalmente


Quando os presos novatos chegavam na unidade eram obrigados a pagar pedágio.
Uma equipe da Polícia Militar tendo a frente o Tenente-Coronel, Edvar Azevedo, cumpriu nesta sexta-feira,30/06, uma determinação da Dra. Maria Martins Siriano, juíza de Direito da 1ª vara da Comarca de Quixadá, na qual solicitou por oficio que fossem realizadas vistorias no presidio com finalidade de evitar problemas como o que aconteceu no último sábado quando um preso sofreu queimaduras ao ser obrigado a comer um doce de leite quente.
No documento a meritíssima solicita que o comandante da polícia Militar realize vistorias semanais ou quinzenais na Cadeia Pública de Quixadá, pois segunda ela faz-se necessário o acompanhamento, mais rigoroso, dos encarcerados com o fito de se evitar a guardar ilegal de armas, drogas e celulares nas dependências do presidio, bem como para previr possíveis fugas de presos ou rebeliões. No oficio, a juíza pede que sejam enviados relatórios das vitorias.

Em todas as vistorias naquela casa de detenção provisória é encontrada irregularidades, principalmente celulares, só desta vez foram 8 aparelhos e diversos chips de operadoras diversas.
Em entrevista ao portal Revista Central e a RC TV, o Tenente-Coronel Edvar Azevedo, Comandante da 2ª Companhia de Policia Militar de Quixadá, disse que após saberem da determinação os presos estão revoltados. Hoje a polícia militar é responsável pela fiscalização externa da cadeia.
Um dado fornecido pelo coronel chama a atenção, de acordo com ele mais de 100 aparelhos foram retirados do interior nos últimos meses, "temos informes que cada celulares para adentrar custa 200 reais. Em todo presidio tem liderança que cobra pedágio, então são situações que temos que investigar e tomar uma providencia mais enérgica".
O fato é que o descontentamento dos detentos com a determinação pode acarretar mais problemas e com isso a segurança será reforçada com objetivo de prevenir possíveis motins por parte dos presos.
Confira as imagens da RC TV:
  
Confira mais vídeos da RC TV (clique aqui)
 
Mais Informações: 
Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá
Endereço: Rua Brasílio Pinto, 1445, Combate 

Fone: (88) 3445.1047
Jackson Perigoso
Reportagem
Chico Javali
Fotos


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...