Compre Agora

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Carro-Forte: População aguarda com expectativa prisão de assaltantes


Por Alex Pimentel
Agora a população aguarda com expectativa a prisão do bando. Todavia, o clima de medo paira na cidade.
Uma série de crimes praticados nos últimos meses no Interior do Ceará, principalmente nas cidades vizinhas a Quixadá, levou boa parte da população desta cidade a desconfiar de alguns conterrâneos. Embora ninguém revele publicamente sabem exatamente quem são os mentores e autores dos assaltos, o último deles a um carro-forte, na tarde do último dia 13, em Ibaretama, Município vizinho a Quixadá. Dois anos antes o mesmo bando assaltou o paiol da empresa Marsilop levando considerada carga de explosivos e artefatos para detonação.
Em seguida uma série de caixas eletrônicos e agências bancárias estão sendo destruídas em várias regiões do Estado. A estratégia usada pelos criminosos tem sido praticamente a mesma. Algumas delas meio desastradas. Em Banabuiú, a 50km de Quixadá foram obrigados a abandonar o Ecoesporte usado na fuga. Com o peso do cofre e dos ocupantes o carro chegou a enganchar em uma lombada, dentro daquela cidade. Não tiveram sucesso, mas voltaram depois e explodiram a agência.

Dessa vez, apesar do sucesso no roubo ao carro-forte da Brinks, do qual levaram R$ 2 milhões, bloqueando a CE-359 com um caminhão baú e por coincidência um Ecoesporte, incendiando os dois veículos nas duas extremidades do trecho onde praticaram o assalto, se o planejamento, idêntico aos demais registrados nestes dois anos no Estado, teve sucesso, além do rastro de destruição os bandidos deixaram mais pistas para a Polícia.
Agora a população aguarda com expectativa a prisão do bando. Todavia, o clima de medo paira na cidade. Quando os boatos sobre três irmãos de Quixadá, apontados como líderes do banco começaram a circular os blogs e portais eletrônicos não postaram mais notícias e nem divulgaram denúncias sobre os criminosos, já identificados pela Polícia. Nas emissoras de rádio não é diferente. Ninguém quer se envolver. Nos últimas semanas dois homens foram executados na cidade de forma misteriosa. A Polícia não confirma, mas um deles pode estar relacionado ao assalto ao carro-forte.

Mais Informações: 
Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá
Endereço: Rua Brasílio Pinto, 1445, Combate 

Fone: (88) 3445.1047
Alex Pimentel
Repórter do portal Revista Central

Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...