Compre Agora

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Osmar Baquit critica Luizianne e diz que Fortaleza está abandonada


O deputado Osmar Baquit (PSDB) voltou a criticar a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, em pronunciamento na sessão da Assembleia Legislativa desta quinta-feira (22/04). Segundo Baquit, Fortaleza é hoje uma cidade abandonada. “Se não fosse o Cid ter assumido a Prefeitura, fazendo intervenções em bairros, o que seria do povo da Capital”, questionou.

O deputado falou em especial de buraco que vem atrapalhando o trânsito na avenida Leste-Oeste e voltou a criticar o que considerou um verdadeiro caos na saúde. Para Baquit, não adianta inventar desculpas como o caos no Instituto José Frota (IJF) ou falta de recursos porque esse discurso “se ouve desde a época do saudoso Juraci Magalhães”.

Além disso, Baquit avaliou como incoerência política o fato de a prefeita ter batido na administração de Juraci e agora ter como vice-prefeito um dos principais homens de confiança do ex-prefeito, Tin Gomes. Baquit também lamentou o fato de que o Ceará pode perder a obra do estaleiro porque a prefeita Luizianne Lins é contra o empreendimento. “Estamos prestes a perder o estaleiro, Pernambuco já avança sobre o estaleiro”, lamentou.

Os deputados Moésio Loiola (PSDB) e Fernando Hugo (PSDB) fizeram apartes e concordaram com as críticas de Baquit. “Abriu uma cratera na Leste-oeste e está, desculpa a palavra, uma esculhambação, os agentes de trânsito mais perdidos do que cego em tiroteio. Não há um desvio pré-estabelecido”, criticou Moésio, dizendo que as soluções da Prefeitura para os problemas precisam ser mais rápidas e eficientes.

Já o deputado Fernando Hugo recomendou aos petistas reza, já que as contas da prefeita Luizianne serão votadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e já foram desaprovadas pela procuradora de contas e pelo relator, conselheiro Pedro Ângelo. “Se não tiver algum acontecimento travesso e traquino na madrugada, as contas serão desaprovadas”, afirmou, defendendo a renúncia de Luizianne.

Já o deputado Artur Bruno (PT) disse achar ridículo que os deputados estejam transformando-se em vereadores com o objetivo de atingir a prefeita Luizianne Lins. “Deveríamos nos preocupar com as questões do Estado, há uma seca verde no Ceará”, disse. O deputado afirmou que Fortaleza é uma cidade que, a cada dois anos, tem um crescimento populacional de mais de 100 mil habitantes e esse inchaço se deve muito às políticas de Governo dos tucanos no Ceará, que possibilitaram o êxodo rural. Apesar disso, completou Bruno, Fortaleza tem recebido o maior investimento em saúde de todas as capitais do Brasil, num total de 22%.

Osmar Baquit rebateu as afirmações de Bruno dizendo que ele também tratava de assuntos municipais quando fazia denúncias contra Juraci e contra o ex-deputado Sérgio Benevides.

Baquit também parabenizou a prefeitura e a população de Irauçuba pela realização do I Festival da Juventude, ontem. De acordo com o deputado, Irauçuba antes era conhecida apenas por ser uma terra seca e quente, mas agora é um município promissor, com fábrica de calçados que já gera 500 empregos e vai inaugurar a ampliação para gerar mais 600 postos de trabalho.
LM/CG

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social
comunicacao@al.ce.gov.br

Mande a sua sugestão, elogio e critica para contatos@revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...