Compre Agora

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Ibaretama: Presidente da Câmara entra com ação e se diz inocente

Fortaleza. No último dia 17, o vereador e presidente afastado da Câmara de Vereadores de Ibaretama, João Vieira Picanço, ajuizou uma Ação Cautelar de Exibição de Documentos no Fórum de Quixadá. Afastado da presidência da Câmara por acusações de improbidade administrativa, ele alega que não teve a oportunidade de se defender ou de saber, oficialmente, do que está sendo acusado.

"Não me entregaram um documento, não tive direito de resposta. E como eles não me entregaram nada, não há como pedir liminar para suspender a sessão que me afastou nem entrar com Ação Ordinária ou Mandado de Segurança, porque o juiz vai querer o motivo", explica.

João Picanço afirma que está sendo vítima de extorsão por parte de quatro vereadores. Ele explica que, diante da diminuição de verbas para a Casa, teve que cortar despesas, o que deixou os vereadores insatisfeitos.

"Cortei as diárias de sessão e quatro assessorias, para adaptar a casa à nova realidade. Eles (vereadores) me disseram que, ou eu pagava as assessorias e as diárias de viagem ou eles me afastariam". Ele disse ter gravado em vídeo a extorsão feita pelos vereadores. "Estou analisando junto com meus advogados o que devemos fazer com o vídeo e outros documentos que provam a extorsão".

Com informações do Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...