Compre Agora

quarta-feira, 28 de março de 2012

Prefeito de Quixadá poderá ser o 1° do Brasil a perder mandato por infidelidade partidária

Recentemente Marques chamou Rômulo de bomba em um evento do PT.

Com base na lei da infidelidade partidária, poderá ser em Quixadá, no Sertão Central cearense, o primeiro julgamento onde um prefeito poderá perder o mandato na justiça por ter trocado de sigla partidária no percurso do mandato.
Acontecerá nesta quarta-feira, 28, na 2° vara da Justiça da Comarca de Quixadá, uma audiência movida pelo Partido dos Trabalhadores de Quixadá, onde pede a cassação do prefeito Rômulo Carneiro (PSB) por infidelidade. Oito testemunhas serão ouvidas.

O prefeito Rômulo Carneiro que foi eleito pelo Partido dos Trabalhadores desliou-se no inicio de outubro de 2011, e foi para o PSB, partido do governador do Estado. Uma das alegações era que o clima entre Rômulo e Ilário Marques estava em conflito, sendo que Marques sempre dominou o Diretório Municipal da sigla.
Caso seja o entendimento do juízo, Rômulo Carneiro será o primeiro prefeito do Brasil a perder um mandato com base na lei da infidelidade partidária. Tudo indica que a audiência será bastante agitada por militantes dos dois grupos políticos, hoje arquirrivais.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...