Compre Agora

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Comunidade de Juatama recebe oficina de teatro

Por Wanderley Barbosa
A oficina de teatro realizada em Juatama teve como parceiro o Ibaretamanet

O grupo cinematográfico denominado Juatamart sediado no distrito de Juatama realizou a primeira oficina de teatro para os seus integrantes. O evento foi conduzido pela atriz de teatro Iris Freitas, que pertence a Associação de Cinema e Vídeo de Quixadá (ACVQ), que ao tomar conhecimento através do portal Revista Central das dificuldades que o grupo tem enfrentado, voluntariamente resolveu dar a sua contribuição dividindo com o elenco os seus conhecimentos da arte de representar em um tablado ou em um “set” de filmagem.

Foram inscrito 29 artistas de várias gerações, o que mais chamou atenção foi uma vovó de 73 anos, Francisca Ivonete Bezerra, que faz parte do elenco do Juatamart que com sua invejável disposição, mostrou que a vida já lhe deu conhecimento suficiente para encarar as lentes e os holofotes de qualquer palco. O talento extraordinário Dona Ivonete foi descoberto pela sensibilidade do Diretor Johny Maia, que a observando em seus afazeres do dia-a-dia, resolveu apostar na mesma, convidando-a a fazer parte do elenco do filme “Deu uma louca no terreiro de Macumba” onde ela faz o papel de uma rezadeira.
Uma das atrizes do Juatamart é a jovem Camila Bezerra, 20 anos, que é neta da vovó Ivonete participa de todos os momentos culturais existente no distrito de Juatama: dramas da igreja, Bumba meu Boi e até do Pastoril que desabafou dizendo: “Tenho orgulho de poder contracenar com minha avó, participar junto com ela em muitos eventos aqui na Juatama” e acrescentou: “Esta oficina foi tudo que eu sonhei, poder aprender a ser uma atriz de verdade, e a professora Iris é uma pessoa muito especial, tem muita paciência e humildade de repassar seus conhecimentos para todos nos que queremos algum dia estar em um filme”. Concluiu.
O autor desse despertar para a cultura cinematográfica é Johny Maia, 41 anos, cozinheiro do restaurante da Petrobras, que a bastante tempo lida com arte, lembra que quando adolescente participava de um grupo de Teatro em Quixadá, onde iniciou o gosto pela arte de representar, “meu grande incentivador foi o meu amigo Dim que tinha um grupo teatral”, e acrescentou: “Como em Quixadá não dá para viver só do teatro tive que trabalhar em outra área para sustentar minha família, trabalhei no “Hotel Pedra dos Ventos”, aqui mesmo no distrito, e foi lá que comecei a escrever textos teatrais, peças para serem apresentadas no próprio hotel, juntei os amigos e conhecidos para atuar como atores nas peças que eu criava, aí veio a idéia de fazer o filme “Deu a Louca no Terreiro de Macumba”, onde escrevi e dirigi. Johny Maia sente-se orgulhoso de poder fazer parte da vida cultural do distrito de Juatama.
A oficina de teatro realizada em Juatama teve como parceiros: A atriz Iris Freitas, Revista Central, Pintonews, Enfoqui, Ibaretamanet e projeto Unidos por Quixadá.

Wanderley Barbosa 

Jornalista / Radialista
Clemio Pinto
Foto
Colaboradores

Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...