Compre Agora

domingo, 23 de maio de 2010

A percepção da verdadeira realidade

O mundo nos coloca diante de pessoas e situações que nos faz pensar no que realmente possa ser real e verdadeiro já que para alguns o que vale é se dar bem a qualquer custo, colocando o seu desejo acima de tudo e de todos e pouco importando o que seja preciso fazer para alcançar.
Confrontamo-nos a cada dia com pessoas que aparentemente achamos que conhecermos e podem ser merecedoras da nossa confiança, mas como saber, como reconhecer no outro a sua sinceridade e a sua verdadeira essência?
Será que as pessoas não poderiam amar mais umas as outras, valorizar e respeitar os limites que cada um tem?
Diante de tanta falta de amor e respeito pelo próximo, acabamos generalizando às pessoas e deixando de fazer acontecer o que Jesus nós deixou como mandamento, de “amar uns aos outros” assim como ele nós amou e continua a fazer: amar-nos.
Onde poderemos encontrar solidariedade, ternura, compaixão pelo outros? Será que nos transformamos em seres irracionais guiando-nos somente pelos instintos animal?
Como reconhecer alguém verdadeiramente num mundo tão desgastado pela pouca importância com os sentimentos dos outros e também como perceber a verdadeira realidade diante de tantos absurdos vivenciados no nosso dia a dia.
È difícil ter a percepção da verdadeira realidade, porque colocamos os nossos desejos, vontades e necessidades acima de qualquer coisa e quando isso acontece, paramos de usar a nossa razão e passamos a agir pela emoção, tornando muito fácil a aproximação para quem tem e quer alcançar objetivos que não condiz com a nossa vida.
A concretização momentânea de algo que está nós satisfazendo, nos torna seres volúveis e de alvo fácil nas mãos das pessoas que desejam aproveitar-se da nossa boa vontade.Como reconhecer um lobo vestido na pele de cordeiro como nos conta a tão antiga e conhecida história infantil quando não temos maldade no nosso coração? E ao reconhecer, como proceder?
Podemos perceber a verdadeira realidade quando não estamos envolvidos emocionalmente, porque pensamos com a razão, mas quando envolvemos as emoções, quando nos deixamos guiar pelo nosso coração, essa percepção não condiz com o real, com o verdadeiro e corremos sério riscos.
Portanto é de vital importância que saibamos lidar com as nossas emoções, sensações,bem como também termos o cuidado para não cometer erros e enganos nas nossas avaliações e reflexões quando no uso da nossa racionalidade.
Pense e reflita sobre tudo isso e procure ter na sua vivencia do dia a dia a percepção da verdadeira realidade diante das suas reações, ações e atitudes.


Blog da Elienice Rabelo
Leia também

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...