Compre Agora

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Câmara de Itapiúna vota lei que beneficia filha do prefeito


A proposta de reestruturação do Plano de Cargos e Salários dos Profissionais de Educação do Município de Itapiúna, foi votada nesta quinta-feira, 20 de maio de 2010, pela Câmara Municipal. A tal proposta, vinha sendo objeto de discussões e debates desde dezembro de 2009. Em várias reuniões com  o  secretário de educação do município, sindicalistas, professores e vereadores, foram analisadas todas as propostas. O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos Municipais de Itapiúna, esteve sempre na linha de frente das negociações, questionando pontos considerados prejudiciais à categoria, e apresentando propostas de mudanças. No entanto, poucas destas propostas foram colocadas no projeto.

Os pontos considerados mais críticos são: A tabela de crescimento dos profissionais dentro de sua carreira, onde a proposta do executivo que foi aprovada, causa um verdadeiro desestímulo aos professores que, não terão nenhum motivo para buscarem um curso de capacitação, pois isto, não lhes trarão nenhum acréscimo de salários.

A outra contradição, é no cargo de Educador Físico. Só tem um profissional neste cargo, formado em educação física. Mas há professores com a mesma formação acadêmica, no entanto, enquanto esses professores recebem salários de pouco mais de 1.000 reais por 200 horas no mês, o educador físico tem salários de quase três mil reais. Pasmem os senhores. Este cargo é ocupado pela "filha do prefeito". Ainda tem parágrafo que dar direito a este profissional, reajustes em valores diferenciados dos demais profissionais, e em qualquer período que não seja a data base para reajustes. 

Vale ressaltar, que os vereadores, Paulo Roberto (PMDB) Lauzim (PDT) e Davi Távora (PT), não votaram a favor desse projeto que é considerado uma imoralidade.

Ivan Prudêncio
Colaborador em Itapiúna

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...