Compre Agora

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

'Avatar' ultrapassa 'Titanic' e atinge maior bilheteria da história do cinema


O filme "Avatar" ultrapassou o recorde de "Titanic" e já é o filme que mais arrecadou nas bilheterias de todo o mundo na história do cinema.

De acordo com dados divulgados pelo site Box Office Mojo, "Avatar" acumulou até segunda-feira (25) uma renda total de US$ 1.858.866.889. O filme está há seis semanas em cartaz.


Também de James Cameron, "Titanic", lançado em 1997, arrecadou US$ 1.843.201.268 nas bilheterias de todo o mundo.

Os valores são absolutos e não consideram a inflação acumulada no período - se isso ocorresse, "Avatar" estaria ainda bem atrás de "Titanic". Outro fator que, segundo analistas, favorece "Avatar" na disputa é o fato de o filme ter estreado em diversas salas de cinema com tecnologia 3D ou Imax, onde o preço dos ingressos é relativamente mais alto do que nas salas tradicionais.

Confira abaixo a lista das maiores bilheterias mundiais de todos os tempos:



Ajuda externa
Apesar da quebra do recorde na soma das bilheterias externas com doméstica, na América do Norte, "Avatar" segue atrás de "Titanic", com renda acumulada de US$ 554,9 milhões contra US$ 600,8 milhões do filme de 1997.

Os países que mais contribuíram para o desempenho mundial foram China e Rússia, onde "Avatar" já acumula bilheteria de US$ 103 milhões e US$ 96,3 milhões, respectivamente.

No último fim de semana, o novo filme de James Cameron arrecadou cerca de US$ 108,3 milhões em 111 países. Foi a sexta vez que "Avatar" teve faturamento de mais de US$ 100 milhões no exterior.


Recordes que viram outros recordes



Vencedor dos globos de ouro de melhor direção e filme dramático, "Avatar" conta a história de um ex-fuzileiro que se inscreve para participar de um projeto de extração no planeta Pandora, um ecossistema semelhante à Terra mas habitado por criaturas maiores e mais perigosas. Para explorar o ambiente com segurança e se misturar aos nativos, o herói tem sua mente projetada em um corpanzil azul, de três metros de altura -- o tal avatar do título.
 
Apesar de algumas cenas em "live action", com atores reais, grande parte de "Avatar" foi criada usando recursos de computação 3D, além de câmeras específicas desenvolvidas por Cameron especialmente para a produção. À época de seu lançamento, em dezembro do ano passado, especulou-se que o filme teria consumido em produção e promoção cerca de US$ 500 milhões, transformando-se no longa mais caro da história do cinema.

Fonte: G1 da Globo

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...