Compre Agora

sábado, 17 de outubro de 2009

Ceará bate o Brasiliense no Castelão e se mantém no G-4 da Segundona



Em jogo parelho, o Ceará demonstrou toda a sua força no Castelão. Apesar de ter apresentado altos e baixos durante a partida, o time do técnico Paulo Cesar Gusmão venceu por 2 a 1. O Alvinegro balançou a rede logo aos sete minutos, sofreu um tento aos 38 da etapa final e ampliou o placar aos 44.

Com isso, o Ceará se manteve na terceira colocação da Série B, com 56 pontos - três atrás do Guarani e quatro do Vasco. Enquanto o Brasiliense não saiu dos 38 pontos - aumentando o jejum para quatro partidas sem vitórias.

Aos cinco minutos, Thiaguinho, do Brasiliense, dominou na entrada da área e bateu forte. A bola subiu muito e passou por cima do travessão. Dois minutos depois veio a resposta dos anfitriões. Misael recebeu passe na medida de Baiadeiro no segundo pau e bateu de primeira, no cantinho direito de Guto. 1 a 0 Ceará.

Aos 9, Wellington Amorin cruzou na área, Misael arrematou de peixinho, mas o goleiro do Brasiliense defendeu. Em seguida, x bateu colocado da entrada da área, a redonda tirou tinta da trave esquerda. Seis minutos depois, após cruzamento na área do Ceará, Cesar Augusto subiu mais que a zaga adversária e cabeceou à direita de Lopes.

Aos 23 minutos, Boiadeiro encheu o pé de fora da área, a bola desviou na zaga da equipe candanga e passou por cima da meta de Guto. A resposta dos amarelos veio em dois lances perigosos. O primeiro, três minutos depois, com Ricardinho chutando forte de fora da área. Lopes defendeu no susto. Na sequência, o veterano Fabio Junior dominou na entrada da pequena área, girou e bateu no cantinho direito. O goleiro do Ceará se esticou todo e colocou a redonda pela linha de fundo.

Etapa final é marcada por pressão alvinegra e bolas no travessão

No segundo tempo, os anfitriões retomaram o domínio do jogo. Impuseram ritmo eletrizante à partida e quase ampliam o placar aos 18 minutos. Em bola cruzada no segundo pau, Boiadeiro arrematou de carrinho e a redonda explodiu travessão. Um minutos depois, Geraldo foi à linha de fundo e cruzou para Anderson, que cabeceou sem direção pela linha de fundo.

Aos 28, Wellington Amorim se livrou da marcação e bateu colocado. A bola tirou tinta do ângulo direito de Guto. Quatro minutos depois, Misael recebeu passe na medida e ficou cara a cara com o goleiro adversário, mas o árbitro Leonardo Pedro Vuaden marcou impedimento. Com 34 minutos, o mesmo Misael bateu colocado da entrada da grande área e a bola carimbou o travessão. No rebote, Pedro Paulo praticamente recuou a redonda para o arqueiro candango.

Anderson marca contra, mas Sérgio Alves garante triunfo do Vozão

No entanto, aos 38 minutos, saiu o gol do Brasiliense. O zagueiro Anderson, ameaçado pelo atacante Somália, recuou a bola para o goleiro Lopes e acabou marcando contra o patrimônio: 1 a 1. 

Aos 44 minutos, o Ceará deu números finais à partida. Em cruzamento de Boiadeiro da direita e no segundo pau, o atacante Sérgio Alves, livre de marcação, completou para as redes de cabeça: 2 a 1. Ele, que acabara de entrar no lugar de Wellington Amorim, provou que a torcida estava certa em pedir a sua presença na partida.

Fonte: GloboEsporte.com

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...