Compre Agora

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Exclusivo: Descoberto plano para resgatar acusados das mortes dos PM’s e audiência em Quixadá terá 100 policiais

Uma operação policial será montada durante toda esta quarta-feira, 19, nas mediações e dentro do Fórum de Justiça Desembargador Avelar Rocha, situado no bairro Jardins dos Monólitos, na cidade de Quixadá, região Central do Ceará. O aparato policial tem o objetivo de assegurar o devido funcionamento de uma audiência de instrução e julgamento dos réus acusados das mortes dos policiais militares, crime consumado no dia 30 de junho de 2016.

A megaoperação com aproximadamente 100 homens das forças de segurança do Ceará, como da tropa de choque Choque, Gate, Cotar, Raio, Policiais Militares do 9º BMP e agentes penitenciários darão segurança para os profissionais da justiça, inclusive é sondado a vinda do helicóptero da CIOPAER com o apoio aéreo.
Conforme apurou o portal Revista Centralcom exclusividade, investigações apontavam uma possível articulação de criminosos para resgatar os réus. O dia será tenso no bairro Jardim dos Monólitos.
A ação penal publica está tramitando na 1ª Vara da Comarca de Quixadá sob sigilo judicial. Devido a grande quantidade de testemunhas e dos réus, a audiência ocorrerá na salão do Tribunal do Júri.
Acesso restrito
Em virtude da atípica audiência, somente terão acesso ao interior do Fórum de Justiça Desembargador Avelar Rocha os advogados que comprovarem atividades em umas das três varas. O atendimento ao público foi suspenso, bem como alguns funcionários foram liberados.
Sugestão
Quem necessitar seguir sentido Ibaretama/Capital é aconselhável pela rodovia saindo pelo bairro Alto São Francisco. Veículos que seguirem pela Avenida Jesus Maria José poderão ser vistoriados.
Das penitenciarias até o Fórum, os réus serão escoltados por um forte esquema.
Réus
Seis pessoas foram indiciadas pelas mortes dos agentes de segurança e outras seis por associação criminosa, acusadas pelo Ministério Público Estadual de possuírem ligações com o bando responsável pelos delitos, entre eles: Fábio Oliveira Rabelo (31), o “Fábio Bombado”; Jandson Gomes de Souza (35), o “Jandson do Feijão”, David William Lázaro (31), o “Deivim”. Dois estão foragidos.
O crime
Os militares Francisco Guanabara Filho (50), primeiro sargento da PM; Antônio Joel de Oliveira Pinto (33), cabo da PM; e Antonio Lopes Miranda Filho (33), soldado da PM; foram mortos em confronto com bandidos no distrito de Juatama, em Quixadá. Logo após o fato, diligências foram iniciadas no sentido de identificar e capturar os envolvidos no crime. Na ocasião, outro policial foi ferido e outros dois permaneceram algumas horas como reféns dos bandidos. Os criminosos denunciados pelo MPCE pelos assassinatos e também por tentativa de homicídio, contra o agente que sobreviveu, sequestro, roubo e associação criminosa.

Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br


Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...