Compre Agora

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Eleições 2012: Sertão Central se prepara para escolher seu futuro politico

Muito cuidado eleitor na hora do voto dos futuros representantes do povo.
Ainda nem começou a campanha do período eleitoral e já tem políticos se infiltrando no meio do povo prometendo mundos e fundos para a população das cidades que compõem o Sertão Central cearense. Muitos desses políticos acostumados com a pomposa vida do poder, já estiveram no governo municipal, mas a pergunta que não quer calar é a seguinte, se realmente foram honestos e eficientes no trato do dinheiro publico.

O eleitor deve ignorar suas afirmações partidárias e tentar um nível de consciência observando se esses políticos cumpriram com a velha promessa de ter uma saúde de qualidade. Se quando precisar ir ao hospital a população vai ter um atendimento satisfatório. Se o atendimento dos postos de saúde há médicos e enfermeiros no local, capazes de resolver o atendimento necessário de base. Na educação, como anda os níveis de qualidade de ensino nas escolas. Se o seu filho estará preparado para enfrentar os desafios da vida excludente.
Outro ponto importante além de saúde e educação é preciso refletir criticamente se realmente esses políticos aplicaram os recursos de maneira proba. Se não houve desvios de finalidade do dinheiro do contribuinte. Se as obras com o dinheiro federal, estadual e municipal foram fiscalizadas e concluídas, além é claro das prestados contas nos órgãos competentes. Se o referido politico não está enquadrado em atos de improbidade (Ficha Suja) ou em outro desvio de conduta.
E para aqueles políticos que estão se lançando pela primeira vez no jogo eleitoral. Se forem capazes de conduzir administrativamente uma prefeitura ou representar um parlamento. Se existem projetos de governo. Se já possuem atributos e experiências bem sucedidas em outras áreas de administração e representação popular. O eleitor precisa ficar de olho e julgar a possibilidade de escolher novas possibilidades para uma gestão inovadora e não viciada como é caso da maioria das administrações desse país, as experiências atuais são afirmativas para uma orquestração de políticos que montam estruturas apenas para manutenção de poder, deixando a maioria da população no prejuízo pela péssima qualidade de serviços prestados.
O eleitor tem uma arma potente nas mãos, mesmo assim prefere se deixar influenciar por pessoas corruptivas que prometem emprego futuro nas repartições ou privilégios de contração de serviços terceirizados, ou o que é pior, trocam seu precioso voto por algo material, vendem sua dignidade em troca migalhas o que levará a um prejuízo incalculável para sua comunidade ou bairro. Enfim, as pessoas sempre esperam mudanças para melhor, se a saúde e educação que são os discursos mais inflamados desses políticos de plantão não estão favoráveis em seu município, estes políticos certamente não merecem seu voto.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...