Compre Agora

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Mistério: Bêbado tenta negociar caixão de defunto por cachaça em Quixadá

Dois caixões foram encontrados nos últimos dias e não há proprietários dos objetos. 
Os agentes da Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá, no Sertão Central cearense, estão ‘cabreiros’ com a aparição de dois caixões de defuntos encontrados por populares nos últimos dias. No sábado um homem em visível estado de inebriamento chegou a ser conduzido a Regional para prestar esclarecimento.
De acordo com o Inspetor Gilberto Lima, o bêbado estava circulando com uma ‘urna funerária’ pelas ruas da cidade e com objetivo de trocar por cachaça, como não encontrou negociante, resolveu jogar nas mediações do Cemitério Público Municipal, momento que uma viatura da Polícia Militar estava passando no local e por suspeitar de violação de túmulos, foi detido e conduzido a Delegacia Regional, porém, explicou que havia encontrado nas mediações do Hospital Dr. Eudásio Barroso, como não tinha ninguém para comprar, teve a ideia de jogar no interior do cemitério.

Os policiais verificaram que a ‘urna funerária’ aparentemente para recém-nascido nunca foi usada e por isso resolveram liberar o detido, por não haver base legal para a sua permanência.
O alcoolizado já estava revoltado por não ter cliente para o seu macabro produto, ficou bastante indignado por ser conduzido à delegacia, ao ser liberado ainda exigiu que os policiais fossem deixá-lo em casa.
Nesta quarta-feira, 28, um aglomerado de curiosos se reuniu para ver outro caixão abandonado em um terreno baldio na Rua Juvêncio Alves, dessa vez o “paletó de madeira” era para adulto. O inspetor Gilberto disse que ninguém assumiu a propriedade dos objetos, afirmando ainda que apenas um está no pátio da delegacia.
Na cidade muitos pergunta de quem seria o dono, há duas hipóteses, pode ser de algum colecionador de caixões ou usado em ritual de magia negra.


Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...