Compre Agora

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

População denuncia suposto desmonte na educação de Ibaretama


Segundo a Secretaria todas as medidas estão sendo tomadas para solucionar o problema.
Algumas manifestações pacíficas chamaram a atenção de populares na manhã desta terça-feira, 23, alunos, pais e servidores públicos se mobilizaram para trazer denúncias de descaso com a educação do município de Ibaretama, no Sertão Central cearense.
Ônibus Escolares
A situação de lotação em ônibus que fazem o transporte de estudantes vem se arrastando por muito tempo, pelo menos é o que informa os alunos que participaram da manifestação em frente da secretaria. Segundo os mesmos não é a primeira vez que procuram o secretário da educação para resolver o problema que parece sem solução.
Os alunos da rede municipal e estadual dizem que a situação se agravou com o remanejamento de alguns transportes para outras rotas, diminuindo a quantidade de ônibus e aumentando consequentemente a lotação nos transportes.

Para a Aluna Brena Késia, 16 anos, estudante do 2º ano do ensino Médio a situação de lotação se dá devido a grande quantidade de caroneiros (comunidade em geral) nos transportes escolares, eles dividem espaços com os alunos o tempo todo. “E agora estão dando até empurrões, disseram para alugarmos um ônibus se quiséssemos exclusividade”, desabafa a adolescente que disse ainda ter tido seu direito suprimido quando quis fazer manifestação na localidade de Triunfo e foi impedida pelos caroneiros presentes no transporte escolar.
As imagens mostram a situação da lotação no transporte que faz a rota Piranjí-Sede de Ibaretama via CE 359. O portal Revista Central já havia denunciado a situação em outros transportes quando estudantes dividiam espaço com mercadorias e até combustíveis, um claro perigo a segurança dos mesmos, o problema até hoje segundo os alunos não foi resolvido.
Segundo a assessoria da Secretaria Municipal da Educação, o problema será resolvido a partir de segunda-feira próxima, a secretaria já avalia medidas para diminuir o fluxo de caroneiros e a lotação nos transportes escolares.
Demissão e alunos sem aula
Pais e mães de alunos estiveram na manhã desta terça-feira na sede do Conselho Tutelar, localizado no Centro de Ibaretama, para denunciar a administração municipal. Segundo eles seus filhos estão sem aulas há pelo menos cinco dias, devido à falta de professores na localidade de Lagoinha, distante 20 km da sede do município, o motivo seria a demissão de servidores contratados, a demissão se deu logo após o pleito eleitoral.
Nossa equipe foi procurada pelos servidores que informaram ter sido realmente demitidos e o motivo até agora não foi informado. Suspeitam que é em virtude de perseguição política por parte da atual gestão municipal relacionada ao voto do ultimo dia 07 de outubro.
O Conselheiro Tutelar já fez contato com a Secretaria Municipal da Educação que prometeu resolver a situação da escola para que as crianças não sejam prejudicadas.
A assessoria da Secretaria Municipal de Educação informou que a partir desta quarta-feira a situação na localidade estará regularizada. Com relação às demissões dos servidores a pasta da Educação pediu para entrarmos em contato com o Gabinete para saber o real motivo, até o fechamento da matéria não conseguimos contato com o gabinete.


Mais informações:
Prefeitura Municipal de Ibaretama
(88) 3439 1055

Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...