Compre Agora

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Ocupação da SDA: Audiência com governador é decisiva para agentes rurais

Depois de ter dispensado mais de 400 agentes rurais, o governo pode enfrentar seu primeiro movimento organizado caso as negociações não avancem.

O campo está totalmente sem assistência técnica, mesmo diante de umas das secas mais longas do sertão, o governo do estado parece não se entender com relação a obrigação que assumiu com o Governo Federal de prestar assistência no campo para pelo menos 20 mil agricultores no estado.
Conforme os agentes rurais, os contratos estavam assegurados pelo Pacto Federativo, em convênio firmado entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Governo do Ceará, por meio da SDA.
O Pacto beneficiava pouco mais de uma centena de municípios, o governo do estado era responsável apenas pelos salários dos agentes, prédio a cargo dos municípios e equipamentos foram garantidos pelo Governo Federal.

Impasse
De acordo com representantes da categoria, uma audiência com o governador está sendo articulada, caso isso não venha a acontecer até as 10 horas desta segunda-feira, os agentes devem ocupar a SDA para pressionar o governo. 
“temos agentes rurais que têm mais de cinco anos como bolsista, isso não é permitido, se forem a justiça devem garantir vinculo, mais estamos negociando um concurso, queremos que pelo menos 500 vagas sejam abertas” garantiu um dos agentes.
Raio X
Hoje o estado do Ceará tem em média 350 mil agricultores cadastrados e recebendo o garantia safra, para cobrir essa demanda é avaliado que seria necessários pelo menos 3.500 agentes, sendo que cada um pelo pacto atendem 100 famílias cada.
O Ceará enfrenta seu quarto ano de seca prolongada, se a situação não mudar, o estado pode ficar sem a chuva e sem a assistência técnica necessária para orientar agricultores a soluções sustentáveis e viáveis para a convivência com o semiárido.
Solução
Em nota divulgada a imprensa, a SDA garante estar estudando medidas jurídicas para solucionar o mais breve possível o problema de contrato e orçamentário da categoria.
Os agentes querem não só isso mais também a realização de concurso publico, “isso solucionaria de vez o problema, resumiria os gastos com seleções e daria uma segurança a categoria.
 
Fazemos parte da rede do Portal Revista Central - informação em tempo real com credibilidade. acesse: www.revistacentral.com.br

Nenhum comentário:

::: NOSSOS VÍDEOS

Loading...